Grupos de Melhoria da Condor gera economia de mais de R$ 10 milhões com redução de custos e otimização de processos

abril 6, 2022

Somente no ano de 2021, foram implantados 161 projetos

A Condor – empresa nacional e líder em diversas categorias dos segmentos de Limpeza, Higiene Bucal, Beleza e Pintura — comemora crescimento de 80% no retorno financeiro obtido com melhorias propostas pelos colaboradores participantes dos GMC´s (Grupos de Melhorias Condor), na comparação de 2021 com 2019. Ao longo de 2021, foram implantados 161 projetos, 35 mensuráveis. Desde a implantação do projeto, a economia com redução de custos e melhoria de processos produtivos supera R$ 10 milhões.
 

As propostas são enviadas para um canal de captura de oportunidades inovadoras para a companhia. O canal foi criado para que qualquer colaborador envie sugestões que possam aperfeiçoar produtos, serviços e processos, assim como mais saúde, segurança e bem-estar no ambiente de trabalho.
 

Na prática, o Portal de Ideias funciona assim: sempre que um funcionário tem uma ideia interessante ou proposta, faz o registro no site e tudo é avaliado pelas áreas responsáveis. As sugestões são analisadas uma a uma e se tornam projetos realmente implementados, se aprovadas.
 

“A Condor possui um departamento da Qualidade oficialmente instituído desde 1972, e desde então a busca pela melhoria contínua tornou-se uma prática estruturada e indispensável na organização. A participação dos nossos grupos GMCs certamente nos traz uma contribuição significativa na performance operacional da companhia, atuando na melhoria da qualidade dos processos, reduzindo custos e ampliando a consciência sobre a qualidade”, afirma Elzo Duda, diretor de Operações da Condor.
 

A cada quatro meses, os funcionários com maior número de projetos implantados ou que trouxeram ideias com grande impacto nos resultados operacionais são premiados. Ao final do ano, é realizada uma premiação especial que utiliza os mesmos critérios.

Prêmio Catarinense de Ideais de Melhorias do CCQ

De tão inovadoras, muitas vezes as ideias “saem” da fábrica e se tornam referência para o mercado. É o caso de um dos projetos, que tem como proposta a alteração de material utilizado para fazer a refrigeração da peça injetada. De tão eficaz, a ideia concorreu ao Prêmio Catarinense de Ideais de Melhorias do CCQ (Círculos de Controle de Qualidade).
 

Esta solução proporcionou ganhos superiores a 100% no processo, dobrando a capacidade produtiva. Com baixo investimento em adaptação do molde, foi possível reduzir o ciclo de máquina com material de melhor condutividade térmica. O resultado foi eficiência no processo com disponibilidade de máquina de 09 dias, já que com esse ajuste a máquina trabalha 21 ao invés de 30 dias. O sistema foi padronizado para ser utilizado em projetos futuros.
 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Fique por dentro de promoções e novidades