Como pintar pisos com segurança

fevereiro 8, 2022

Renovar o visual do ambiente e enfrentar a dor de cabeça de reforma, quebra-quebra e orçamentos altos pode ser estressante. Nesse caso, uma pintura nova no piso pode resolver a questão. Então, vamos descobrir como pintar um piso respeitando a sua superfície?

O primeiro passo é identificar qual o tipo de superfície que será pintada. O ideal é que ela esteja uniforme, limpa, seca e livre de resíduos de gordura, óleo e poeira. Em casos específicos, é necessário o uso de ácido muriático para limpezas mais pesadas.

Em um geral, a ordem segura para a preparação é:

  1. Limpar com água e sabão;
  2. Aguardar secar;
  3. Lixar todo o espaço utilizando a lixa correta para o tipo de superfície;
  4. Limpar o pó.

Para conhecer um pouco mais sobre as particularidades de cada piso e adequar o passo a passo, separamos informações importantes de cada tipo de superfície. 

Cimento rústico

Sendo interna ou externa, a preparação para esse tipo de piso é a mesma listada acima. É uma superfície que precisa estar lisa, limpa e seca antes da aplicação de tinta. 

A escolha da tinta vai depender de você! Indicamos utilizar uma demão de fundo preparador para que você consiga aderência e mais durabilidade no piso. Aguarde 4h e depois aplique a tinta na cor escolhida. Lembre-se de sempre seguir as instruções da embalagem dos produtos que utilizar, hein!

Cimento queimado e cerâmica

Esses tipos de superfícies exigem mais cuidado e atenção! No caso do piso de cerâmica, considere que é um material que desgasta com o tempo e perde o brilho com o risco de muitos arranhões. 

Então, depois de completar o passo a passo da preparação é interessante aplicar duas demãos de fundo branco epóxi. Isso garante mais durabilidade na pintura. Depois, é só aplicar a tinta escolhida e aguardar a secagem. Além disso, não há necessidade de renovar a pintura em menos de 2 anos. 

*no caso de piso com cimento queimado o ideal é fazer limpeza com ácido para abrir porosidade da superfície. Após fazer a limpeza com água e sabão e aguardar a secagem para iniciar a nova pintura

Superfície com imperfeições

Se você notar que o piso está com falhas e imperfeições, fique atento! Nesse caso, é necessário preencher essas falhas e nivelar o chão com uma demão de argamassa para garantir um bom resultado. Antes de aplicar a tinta, aguarde um período de 28 dias. 

Em pisos externos, é comum que a movimentação de carros causem deformações na superfície. 

Madeira

Aqui, é importante começar ajustando as fissuras e arranhões que a madeira possa ter e a massa de calafetar madeira pode ser uma grande aliada. Se a madeira estiver envernizada, capriche na hora de lixar até remover a cobertura completamente. Para esse piso, é imprescindível que a superfície esteja bem uniforme e seca, pois caso contrário, na hora de aplicar a tinta você visualiza na hora as imperfeições. 

Ah, e antes de pintar é interessante aplicar uma base que seja protetora contra fungos e insetos de madeira. Espere secar, lixe suavemente mais uma vez e pronto! Hora de finalmente aplicar a tinta escolhida.

Agora, independente do tipo de piso, se atente a 4 coisas importantíssimas para o processo de preparação e pintura dos pisos:

  1. Delimite as áreas que não irão receber tinta e utilize fita crepe;
  2. Aguarde 2 horas após a aplicação de tinta para que você consiga tocar a superfície novamente;
  3. Se precisar aplicar outra demão, aguarde um período de 4 horas;
  4. Confira nosso catálogo de produtos para garantir boa qualidade e facilidade no trabalho.

E já sabe, né? Siga @condorpinturaimobiliaria no Instagram para mais novidades, dicas e tutoriais diferentes.  

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Fique por dentro de promoções e novidades